Matérias

imagem

Matérias

Como fazer costelinha de porco frita

Descubra o jeito perfeito de preparar sua costelinha de porco frita em alguns passos

Por Minha Receita

Costelinha de porco é uma das carnes suínas favoritas dos brasileiros! E o que dizer da costelinha de porco frita? Crocante, macia e douradinha, ela serve como aperitivo para aquele churrasco ou happy hour entre amigos, mas também pode ser a protagonista do seu almoço. Por isso, a dica da vez é inteirinha sobre ela: como fazer costelinha de porco frita do jeito certo! A seguir, você confere formas de fritar e quais temperos usar. Confira!  

O segredo para fazer costelinha de porco frita

Para fazer a costelinha de porco frita perfeita, você precisa saber o seguinte: ela é feita, geralmente, em uma panela, em vez de uma frigideira, por mais que seja a versão frita da carne de porco. Isso porque é preciso cozinhar e amaciar a costelinha antes de fritar de fato. E esse processo de cozimento pode ser feito de duas formas. A primeira é cozinhando a costelinha na própria água e gordura que vão sendo soltas aos poucos. A segunda é cozinhar a costela em uma banha de porco por meio da técnica da imersão – que dá um pouquinho mais de trabalho mas que garante um sabor sensacional.

Sabendo disso, o preparo da costelinha é o mesmo. A dica é cortar a carne em cubinhos, e para facilitar, você pode comprar uma costela de porco em ripas, como a Costela Suína em Ripas Resfriada Seara Gourmet, que já vem porcionada e é super macia para ajudar você a fazer o melhor corte. Depois, é hora de temperar.

Tempero para costelinha de porco frita: confira os melhores para usar

Alho, pimenta-do-reino, limão e sal a gosto. Não tem mistério para temperar a costelinha de porco, pois esses são os temperos clássicos e que costumam agradar a todos. No lugar do limão, você também pode colocar vinagre. Misture bem todos os temperos à carne crua e deixe descansar por cerca de 1 a 2 horas para que os sabores das especiarias sejam bem absorvidos. Se você gosta de se aventurar na cozinha, vale a pena experimentar outros ingredientes, como páprica doce, páprica picante, shoyu, mostarda e mel, além do vinho branco seco em vez de limão e vinagre.

Passo a passo de como fritar a costelinha de porco na própria gordura

Para fazer costelinha de porco frita na panela não é preciso refogar. Basta colocar as costelinhas já temperadas em uma panela já quente, em fogo alto, para que a carne solte água e gordura naturalmente. E aqui vai uma dica de chef: não se preocupe em sujar o fundinho da panela com aquela crosta dourada, ok? É por causa desse acúmulo de óleo natural da carne que o sabor fica ainda mais intenso. Por isso, escolha uma panela de alumínio, já que as panelas antiaderentes não permitem a criação dessa crosta ao fundo.

Depois de colocar as costelinhas, mexa após 5 minutos para ajudar a soltar a água e a gordura, e depois de cerca de 15 minutos abaixe o fogo e deixe que a carne cozinhe nesse líquido de óleo e água. Esse cozimento deve levar, em média, cerca de 30 minutos. Quando você perceber que a costela já está cozida, chegou a hora de fritar: aumente o fogo e vá mexendo para soltar a crosta que fica no fundo da panela. Esse processo é bem rápido, leva de 10 a 15 minutos. Depois disso, sua costelinha frita está pronta para ser saboreada!

Como fazer a costelinha de porco frita em banha de porco

A banha de porco tem sabor e aroma que deixam alguns alimentos mais saborosos, como a costelinha de porco. Ela serve para fazer frituras por imersão em uma temperatura que chega a 180 graus. Para fazer a banha de porco, é preciso fritar alguns pedaços de toucinho lentamente em fogo baixo, processo que leva, aproximadamente, 2 horas. A ideia é que o toucinho derreta e libere uma gordura líquida para que você, depois, consiga fritar a costelinha nela.

Para fritar na banha de porco, o passo a passo é o seguinte: coloque as ripas de costela temperadas na panela com a banha de porco já quente, em fogo médio, e deixe cozinhar durante cerca de 10 minutos. Depois, aumente o fogo para que a carne perca líquido e comece a fritar. Vá acompanhando a fritura e observando a cor das costelinhas. Retire quando começarem a ficar douradinhas e com aquela crosta brilhosa, crocante e irresistível!

Matérias
relacionadas

Confira outras matérias

1.fev

Carne Suína

5 receitas para jantar com carne suína

9.dez

Carne Suína

Como temperar pernil para assar

9.dez

Carne Suína

Tender: 5 sugestões de como preparar o prato para a ceia de Natal

3.dez

Carne Suína

Como temperar bisteca: 6 dicas para deixar a carne mais saborosa

Mais Matérias