Matérias

imagem

Matérias

Diferenças entre temperar e marinar frango

Aprenda as maiores técnicas e diferenças para deixar seu frango mais suculento

Por Minha Receita

“Como temperar frango” é uma dúvida comum de quem começa a se aventurar na cozinha. É melhor adicionar os temperos na hora do preparo ou fazer uma boa marinada? As duas técnicas têm o poder de deixar o frango mais suculento e com um aroma irresistível, seja qual for o modo de cozimento (forno, fogão, fritadeira sem óleo, panela de pressão), mas existem diferenças no resultado final, tanto no paladar quanto na textura do corte. Para tirar todas as dúvidas, nós fizemos uma matéria sobre o que é temperar e marinar, quais os ingredientes mais usados em cada técnica e em quais cortes do frango fazer cada método. Confira! 

Tempero para frango: saiba como fazer e aprenda a escolher os que mais combinam com a proteína 

Um bom frango sempre vem acompanhado de um bom tempero! Você pode temperar um frango do zero ou adicionar ingredientes nas peças que já vêm levemente temperadas, como o Filé de Peito com Ervas Finas da Seara. A técnica é ideal para dias corridos, quando você tem pouco tempo para preparar a refeição. Os ingredientes mais usados são limão ou vinagre, sal, alho e pimenta, que podem ser salpicados no corte momentos antes do preparo. Mesmo sendo uma técnica rápida, vale a pena reservar o frango temperado por alguns minutos para que os ingredientes sejam melhor absorvidos. 

Se você for fã do paladar agridoce, também pode fazer um mix de elementos que fogem do básico, como molho shoyu, mostarda, curry, páprica doce ou picante, gengibre e uma pitada de açúcar mascavo. Fica uma delícia!

Marinar frango: o que significa e quais são os ingredientes usados?  

A marinada é perfeita para quem deseja caprichar no sabor e servir um frango indiscutivelmente macio e suculento. A técnica consiste em deixar a peça em contato com uma mistura feita com gordura, ácido e elementos aromáticos por um período que pode variar entre 30 minutos e 12 horas (quanto mais tempo melhor!). O objetivo é dar mais sabor ao frango e deixar a carne mais tenra e suave a cada mordida. Enquanto no método de temperar frango usa-se os elementos diretamente na peça, na marinada é preciso transformá-los em uma solução líquida, que pode ser misturada no liquidificador. 

Os ingredientes para a marinada podem ser variados! Não existe a fórmula perfeita e você pode escolher os temperos que mais gostar, mas lembre-se que é necessário incluir um ingrediente ácido, que pode ser vinagre, suco de limão ou suco de laranja, com uma gordura, que pode ser o azeite, além de temperos clássicos como cebola e alho, e temperos aromáticos, como alecrim, louro, tomilho e manjericão. O vinho branco também é uma ótima opção para carnes brancas, além de especiarias como páprica, pimenta-do-reino, dedo-de-moça ou malagueta, mostarda, shoyu e açúcar mascavo.

Como fazer a marinada para frango? 

A marinada requer um pouquinho mais de tempo porque o frango ainda vai à geladeira, mas a gente garante que vale a pena para arrasar no sabor final! Você pode deixar a peça marinando em um tabuleiro, em uma tigela ou até mesmo em um saco hermético. Tudo vai depender do tamanho do frango. A dica é unir todos os ingredientes escolhidos e bater no liquidificador para que se transformem em uma solução líquida. Assim, você garante que todo o frango receba os seus temperos.  

Você pode marinar a proteína por diferentes períodos de tempo: se estiver com pressa, deixe o frango de molho por 30 minutos; para absorver bem o tempero, aposte na marinada entre uma e três horas; se quiser um sabor ainda mais intenso, deixe o frango marinando durante a noite inteira. Quanto mais tempo, maior o poder de penetração da mistura nos alimentos e mais macia a carne do frango ficará.  

Qual é a melhor técnica para cada peça de frango? 

Os amantes de frango já sabem: é a mais versátil entre todas as proteínas, então não existe regra de tempero para filé de peito de frango, coxa, sobrecoxa ou frango inteiro. Basicamente o limão, a laranja, o vinho branco e o vinagre podem ser usados em todos os cortes. O que é preciso apenas ficar atento é quanto à pele do frango nestes tipos de cortes: se for marinar, é melhor retirá-la para que não seja uma barreira para os temperos. Já se for preparar um frango inteiro, a técnica da marinada também é a mais indicada, já que é preciso de tempo para que os temperos sejam absorvidos. A nossa sugestão é que você vá testando as combinações de ingredientes e solte a criatividade para preparar a cada prato um mix de temperos diferente!

Matérias
relacionadas

Confira outras matérias

12.abr

Aves

Espetinho de frango: como fazer e combinar com outros ingredientes

9.abr

Aves

5 pratos com frango para quem é iniciante na cozinha

9.abr

Aves

Como fazer frango frito crocante e super saboroso

9.abr

Aves

4 dicas para fazer peito de frango recheado perfeito

Mais Matérias

Produtos Seara

Para realizar as suas receitas